segunda-feira, 23 de junho de 2008

Primavera/Verão

Gente, prometi e estou cumprindo, até porque isso me interessa e muito.

São Paulo Fashion Week.

O desfile da Colcci foi legal. Olha só essas roupas. Fala sério, não é à toa que as pessoas pagam tanto dinheiro pra vestir a marca.

Lá estava Gisele Bündchen arrasando também, claro. Ela estava linda e magra (inveja.¬¬) e abriu e encerrou o desfile da Colcci.


Curiosidade: A Triton usou maquiagem e cabelo inspirados na Amy Winehouse. Não é de se estranhar já que fica lindo o resultado. Apesar de aquele cabelo estilo "Elvira, a Rainha do Inferno" ser demais pra mim. Hum... apesar de fazer tudo errado ela virou ícone de moda, vê se pode.

Curiosidade 2: Mais uma vez a tendência é laranja na maquiagem... Falta de imaginação.

Obrigada ao blog da Capricho pelas informações!

sexta-feira, 20 de junho de 2008

Ligeiramente Grávidos

Hoje é sexta e quero dar uma dica pra quem não vai sair nesse fim de semana ou pelo menos vai ter umas horinhas de descanso.


Ligeiramente Grávidos é comédia, romance, conflito, menos conflito do que o resto. Divertido, mas faz pensar. Pelo menos me fez pensar porque acho que não existe um filme que não me faça pensar. Enfim, falemos sobre o filme.



Alison é uma menina certinha que acabou de ser promovida e resolve comemorar numa boate, lá encontra Ben, um cara que não quer nada além de fumar maconha e colocar seu site "pornográfico" no ar. Eles passam uma noite juntos e ela descobre estar grávida dele. Então se forma um casal que só não é mais inesperado que a gravidez de Alison. Gostoso de ver.



O título em inglês é Knocked Up de 2006, parece, da Universal Pictures.



Tá dado o recado. Ah, pra quem for assistir, há algumas cenas fortes na hora do parto, pelo menos pra mim foi, eles foram bem detalhistas...


Me conte o que achou.
Enjoy!

terça-feira, 17 de junho de 2008

Yes, eu gosto de moda.


É... Aí estão os eventos de moda da temporada.


Não posso dizer que não estou curiosa, mas não vou ficar contando aqui as tendências para o verão. Quero mesmo é expressar o quanto gosto disso. Pode falar o que quiser, mas eu vou continuar achando que moda é essencial sim. Estar bem vestido(a) é ótimo e não quer dizer vestir grife, quer dizer bom senso, coisa que muita gente não tem. Eu não sou expert em moda, muito menos posso dizer que só me visto na moda. O negócio é que me fascina: as roupas, as caras, a maquiagem. Isso sim é arte, não que seja o único tipo.


Entenda como eu vejo. Expressar quem você é, as coisas que pensa, que faz, que vive através de uma peça de roupa é muito maior do que simplesmente escolher a primeira roupa que caiba em você. Quem consegue fazer isso com perfeição ou pelo menos com sinceridade e estilo tem meus parabéns e minha admiração.


Deixando claro mais uma vez que grife não é tudo (apesar de que eu não me incomodaria em ter uma ou duas ou mil pecinhas de umas grifes aí...), o importante é se expressar.


Se não fosse assim como explicar que você (eu sei que faz isso) escolhe suas roupas de acordo com o lado da cama em que acordou e costuma dizer "hoje não tô com humor pra vermelho"?


hehe. Viu, moda é expressão.


P.S.: Não vou deixar de falar depois do Fashion Rio e da São Paulo Fashion Week!

sábado, 7 de junho de 2008

A vida bate à porta...rs

Sabe quando inacreditavelmente tudo dá errado.

Você fica doente, desmarca compromissos, seu namorado(a), marido(esposa), etc está ocupado demais fazendo coisas que você considera de menor importância, parece que a sua opinião e vontade são as coisas que menos importam no mundo e que a sua pessoa já está em segundo, terceiro e até quarto plano na vida de todo mundo, meio esquecido...

Ai, eu tô me sentindo exatamente assim, consequência do mimo exagerado de minha mãe quando eu era criança. Se ninguém me escuta por mais de 5 segundos o mundo cai. Mas e daí? Na verdade até gosto de ser assim, mas não agora, e provavelmente não daqui pra frente.

Por que afinal estou dizendo isso? Primeiro porque queria registrar e segundo para alertar pessoas desprevenidas de que a vida é injusta, como dizia um professor meu... Não estou sendo negativista, mas o fato de você saber que nem sempre tudo vai dar certo ajuda muito nas horas difíceis, sabe. Você sabia que uma hora alguma coisa ruim iria acontecer e mesmo torcendo pra que não acontecesse, de certa forma se preparou para a porrada (com o perdão da palavra).
Isso nem é ruim, assim como se sabe que coisas ruins acontecem também se sabe que coisas boas acontecem mesmo que demore. Para ser sincera eu estou esperando, viu. Ó, tô aqui olhando pra cima esperando essa coisa boa acontecer comigo, particularmente eu queria que essa coisa boa fosse um estágio. Admito que solucionaria muitos dos meus problemas principalmente um chamado auto-estima.
Hum, odeio quando estou num certo ponto de desgaste mental em que só consigo expressar todas as coisas que penso escrevendo, parece estranho mas a mim faltam palavras faladas para descrever as ondas de inconstância dos meus pensamentos. Quando eu escrevo apesar de demorar mais tempo para organizar as idéias, pelo menos consigo fazer isso de um modo - ao menos eu espero - compreensível para as outras pessoas. Será que todo mundo é assim?

Ainda sobre coisas que eu andei pensando, realmente andei pensando e resolvi que vou deixar mais um tempo meu antigo blog no ar, até decidir o que fazer com ele. Se alguém tiver alguma sugestão por favor me diga. Tô meio com pena de excluí-lo, há muitas homenagens lá. E se alguém ainda quiser dar uma olhada pra ver uns posts antigos e se despedir, vai ser benvindo: nanachata.blog.terra.com.br

É só isso, mais um pensamento de quase madrugada (acho que por essas horas meu cérebro fica saturado e me obriga a pôr pra fora as coisas, sabe como excremento, pra não usar outra palavra).

x(

Tchau...!