segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Receita: Couve-flor gratinada

Segunda-feira e eu já postando. Caramba, que avanço! Vamos lá comer comida boa e fácil?
Eu tenho muita preguiça de cozinhar, principalmente de noite, mas quando não tem jeito eu gosto de fazer comidas rápidas. Quem me segue no Instagram já percebeu que na maioria das vezes eu só começo a preparar a janta depois das 9 ou 10 da noite, em parte porque tenho preguiça e fico enrolando e em parte porque o namorado só chega depois das onze e eu fico esperando pra comer com ele - comer sozinha é muito chato - então costumo fazer pratos que ficam prontos em meia hora, sabe?
Um dos que mais gosto é essa couve-flor gratinada que é uma mistura de várias receitas que vi por aí. Vocês tem que fazer pra ter ideia do quanto é bom isso. Demora quase nada e - pelo menos pra mim - é uma refeição completa, não coloco nem arroz no prato, como só um pratão de couve-flor. Quer ver?

Você vai precisar de
  • um buquê (?) de couve-flor
  • bacon
  • linguiça
  • cebola (eu não tinha nesse dia)
  • creme de leite
  • temperos (eu gosto de pimenta e orégano)
  • queijo ralado


Corte o bacon e a linguiça em quadradinhos pequenos e a cebola bem pequenininha.
Depois de higienizar a couve-flor, separe os raminhos em tamanhos pequenos, pero no mucho. Cozinhe com um pouco de sal até ficar al dente, ou seja, não muito mole. Você tem que testar no "caule" pra ver se está macio. Depois de cozinha, escorra a água.
Frite primeiro a cebola - vou ficar devendo essa parte, mas explico direitinho - no fogo mais baixo com um pouquinho de óleo ou azeite, ela tem que ficar beeeeeem dourada, mas sem queimar. Quando estiver quase dourada o suficiente, coloque o bacon e depois a linguiça e deixe fritar até ficar bem torradinho.
Escorra a gordura que ficou na frigideira - eca - e reserve o bacon, a cebola e a linguiça. Em um recipiente que possa ir ao forno, coloque a couve-flor arrumadinha e as coisinhas fritas.
Nessa parte eu jogo mais um pouquinho de sal e o orégano. Acrescente o creme de leite gelado, coloque mais sal, pimenta e o queijo ralado.

Pré-aqueça o forno em temperatura média e coloque tudo. Deixe até dourar bem e a casa ficar cheirosa. hehe
Fica mais ou menos assim. 

Deixa eu explicar uma coisa. Sempre faço essa receita com alguma sobra de creme de leite que fica na geladeira e essa foi a primeira vez que fiz com ele fechado e consequentemente, não refrigerado. Conclusão: ele estava mais líquido e escorreu muito pro fundo e a casquinha de cima não ficou tão bonita e gostosa. Por isso recomendo fazer com o creme de leite gelado porque fica mais grossinho e ele se mantém em cima até assar. Quando cês fizerem vão entender do que eu tô falando.
Eu recomendo altamente essa receita pra essa segunda que é sempre mais corrida e a gente morre de preguiça.

Bon appétit!

4 comentários:

  1. ai meu pai! detesto couve-flor e na casa do meu namorado é o prato preferido deles, mas eles fazem com queijo por cima também, mas só o queijo, ja me faz comer.
    cara mas depois que vi essa receita to babando muito, TEM BACON NE GENTE, e bacon é vida, saúde e amor.
    farei! ah e amei sua receita de passo-a-passo com fotinha bonitinha! :)
    beijão, Mari!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Filosofia de vida: se tem bacon é bom. kkkkkk
      Você é das minhas.

      Excluir
  2. Eu aaaaaamo couve gratinada, e sou super adepta de jogar um bacon tbm (principalmente se for brócolis). O Pedro chamava couve de "árvore", hehe.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Duas árvorezinhas do amor: brócolis e couve-flor.

      Excluir

Fale o que achou