quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Black Friday na Sheinside

Se você está louco/a pra aproveitar a Black Friday eu tenho uma dica:
A Sheinside vai dar 25% de desconto nas compras. É só usar o cupom BLACKSHE25.
Eu estou de olho nesses aqui.

Link
Link

Link
Boas Compras e feliz dia de Ação de Graças!

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Filme - Em Chamas


Dias desses eu fui assistir Em Chamas e hoje vou contar o que achei. Como vocês já devem saber, o segundo filme da trilogia Jogos Vorazes já arrecadou US$308 milhões pelo mundo até agora e eu entendo porquê.
Quando li por aí que a ação dos Jogos só começava com mais de uma hora de filme pensei "meu Deus, esse filme vai ser muito bom ou um tédio total". Acertei de primeira, o filme é incrível. Eu não posso dizer se é fiel ao livro porque ainda - ênfase no ainda - não li, mas a tensão está presente no filme todo. Mesmo enquanto os tributos ainda não estão na arena você fica o tempo todo torcendo pra não acontecer algo ruim, dá pra sentir a tensão que paira sobre os personagens ao longo de cada acontecimento.
Também tem a apresentação de novos personagens, além da Katniss e do Peeta, os mocinhos, temos Finnick e Johanna, dois tributos que se juntam a eles na competição. Essa dinâmica é bem diferente do primeiro filme em que Kat passa praticamente o filme todo sozinha, agora os personagens interagem mais e isso ficou muito mais legal. Mas de todos eles, quem me encantou mais foi a Effie. A personagem cresceu e ficou muito mais simpática aos meus olhos, fez uma das melhores cenas. A Katniss se mostra muito mais inteligente e forte (Jennifer Lawrence arrasou) e Peeta também cresce muito, finalmente comecei a acreditar que ele merece ficar com a Katniss, mesmo já torcendo pra ele achar outra (Johanna?). Lembrando que eu não sei o que acontece depois, não me contem, estou apenas chutando aqui.
E quando os Jogos Vorazes começam, ah, aí não dá mais pra respirar, os primeiros minutos são terríveis de tanto medo que a gente fica de dar tudo errado. Acredito que deve ter sido tenso mesmo pra quem já sabia o que ia acontecer. Pra não dar spoiler aqui, apenas vou dizer que quero assistir de novo e recomendo que vocês também assistam porque é muito bom mesmo. Só mais uma coisa: não aguento esperar pra saber como vai ser o último, mas até lá eu já terei lido os livros.


Sinopse

Katniss e Peeta voltam pra casa depois de vencerem os Jogos Vorazes, mas descobrem que nunca mais poderão viver como antes. Os distritos começam a mostrar sinais de revolução e os dois são obrigados a voltar aos Jogos Vorazes para salvar não só suas vidas, mas de suas famílias e dos moradores do Distrito 12.

Um livro que define a vida

Dizem que a gente só se realiza na vida se plantar uma árvore, tiver um filho e escrever um livro.
Eu sempre levei isso a sério e me prendi justamente a parte de escrever um livro. Volta e meia eu começo a escrever um, vai dizer que você nunca tentou escrever também? Todo mundo já deve ter tentado escrever um livro pelo menos uma vez na vida, se não tentou deve ser uma pessoa muito estranha. Ou simplesmente tem coisa melhor pra fazer.
Eu sei que eu já tentei, inúmera vezes até. Simplesmente não consigo parar de tentar porque acho tão especial poder viver o que quiser através do que se escreve, um processo parecido com a leitura de um livro escrito por outra pessoa, só que você que escreveu, o que faz dele ainda melhor, você realizou o que quis ali no papel, você que decidiu o que aconteceria, qual seria o destino de alguém. Deve ser um sentimento bom ter esse controle, já que na vida real isso é impossível.
No meu livro eu posso realizar todos os meus sonhos, só que na pele de um personagem com possibilidades infinitas, em qualquer lugar possível e impossível, eu posso imaginar como teria sido minha vida de outro jeito, se eu tivesse feito outras escolhas. E se um dia eu realmente escrever um livro e ele ficar famoso e esse texto for mais interessante do que é hoje, todo mundo vai saber que o que escrevi no tal livro era uma parte de mim.
Sempre que eu resolvo olhar os textos que escrevi há tempos atrás parece que foi outra pessoa que escreveu, aí eu fico pensando "por que eu escolhi essa palavra ao invés daquela?" "de onde eu tirei isso?" "nossa, eu nem sabia que eu escrevia assim" e eu nunca retomo essas histórias. Parece que elas se perderam de mim, como se eu tivesse perdido o timing pra escrevê-las e agora eu já mudei e não consigo mais fazer igual. Acho que isso quer dizer que eu mudei mesmo. Só não sei se quer dizer que eu nunca vou conseguir completar um livro.
Agora, se você não acha que escrever um livro é importante e que tudo isso é bobagem, vai se identificar com esse texto. hehe

sábado, 23 de novembro de 2013

Links da Semana

A semana está no fim e eu eu trago pra vocês que não saíram nessa sexta chuvosa (aqui no Rio) os links da semana. Primeira vez que faço isso, quem sabe vira uma tag permanente. Consiste numa compilação das matérias/posts que eu cliquei e mais gostei durante a semana. Olha só.

E se os super-heróis tivessem um segundo emprego?


Essas ilustrações roubaram meu coração. E só.



Porque comer faz parte da vida.


Sabe aquele seu amigo sem noção do Facebook? Não se compara a ela.



Gordinhas sensualizando e mostrando que mulher pode e deve ter curvas. Não conheço o site, mas achei interessante o tema.



Gosta de café, mas tá morrendo de calor? Tá aí a solução das organizações Tabaja... opa péra.



Pros momentos em que você se estiver se sentindo pra baixo.

Deixe seu comentário aqui embaixo se gostou, se tiver um link legal pra eu ver pode deixar também.
Beijo!

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Whisper

De um forma ou de outra estamos sempre tentando ser quem não somos, mas não estou falando aqui de padrões estéticos, viu gente.
As pessoas precisam ver em mim um ser diferente do que eu sou. Por mais que eu tente me afirmar como uma identidade singular essa possibilidade é quase nula porque nem eu mesma sei direito ainda quem sou. Mas sei que pra cada um eu sou diferente. Eles querem que eu seja mais atenta, então eu tento, minha mãe quer uma filha mais atenciosa, então eu sou por algum tempo, amigos querem uma boa ouvinte que eu diga que irei, mesmo que eu nem sempre queira ir, então eu digo, mas não sei dar conselhos, namorado quer que eu ria, então vamos lá.
Apenas me sinto sufocando com tantas exigências da vida, do mundo, das pessoas, me chamem de imatura. Ninguém se interessa pelo que realmente sou: mal humorada, preguiçosa, chorona, cheia de amor reprimido, insegura e introspectiva. Todo mundo só quer o que lhes interessa, o que eles precisam no momento. Por que é um crime tão grande não ser boa o tempo todo?
Ah se vocês pudessem ver o que eu tenho por dentro, ali no fundo da mente, aquela parte que está desperta na hora em que eu deito no travesseiro, é perturbador. Mas ninguém quer saber.


Esse texto/desabafo foi escrito ao som de Whisper de A Fine Frenzy, o que explica esse tom depressivo ou pode ser TPM. Mas eu amo essa música.

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Tattoos de Harry Potter

Opa! Olha eu aqui. Tudo bem? Ultimamente tenho matutado muito sobre minha próxima tatuagem e não consigo decidir qual desenho eu farei. Quero muito um desenho de Alice no País das Maravilhas, mas tá difícil escolher, viu. Outra tattoo que eu desejo muito é do Harry Potter, hoje dei uma pesquisada pra ver umas inspirações, fiquei tão encantada que trouxe as que mais gostei pra vocês verem.
Tinha umas bizarras também, mas essas eu deixei de fora. Olhem essas lindezas:


Essa foi a que eu mais gostei, por incrível que pareça

Essa ficou tão delicada

A mais popular, ao que parece, vi a mesma em vários lugares

Se essa não fosse tão grande...

Eu procurei essa frase à beça. Só não gostei das patinhas

Nem preciso falar né?

Pensei seriamente em fazer alguma coisa parecida com isso,
pena que não gosto muito de palavras, prefiro figuras

Do jeito que eu sou, qualquer hora dessa faço meu show e apareço com uma tattoo pronta bem linda pra vocês verem. O que acharam? Muito grandes, muito pequenas, muito simples, o que vocês fariam?

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Decoração: Quadro de fotos


Aqui estou com novidades na decoração da minha casinha. Acabei de fazer esse quadro de fotos que coloquei no quarto e achei tão bonito que vim logo mostrar aqui.

Passo a passo eu não tenho porque é muito fácil. Vou explicar:
Comprei o quadro de cortiça, que vende em lojas de material de escritório, papelaria e afins, o meu é da Caçula e custou R$24,60. Lá comprei o tecido também - 15,90, o metro - e as tachinhas pra prender as fotos.
Aqui em casa eu cortei o tecido do tamanho da parte de dentro do quadro, minha dica é marcar o lugar onde deve cortar com uma caneta do lado avesso do tecido. Deixei uma coisinha de nada maior e fui ajeitando pra dentro da moldura, assim o tecido fica bem liso e não sobra pra fora. Prendi o tecido com um grampeador aberto e... pronto!
Se alguém quiser fazer também, dá pra pintar a moldura do quadro antes de prender o tecido, mas acho que tem que lixar pra ficar melhor e claro que dá pra escolher outros tipos de estampa, eu quis essa por ser mais delicada e não aparecer mais do que as fotos. As fotos eu imprimi em casa em papel fotográfico. Ah, prendi na parede com a fita da 3M, aquela de fixar quadros.
Eu também comprei um outro tecido com uma estampa que parece o calçadão de Copacabana, mas achei que ficou muito aparecido, se é que dá pra me entender, vou usar ele pra fazer umas almofadas. Ah, e outra coisa, eu comprei o dobro de tecido pro caso de dar errado e eu ter que cortar outra vez, então também tenho bastante sobra desse floral, não sei se faço almofada ou outra coisa, alguma dica?
Repararam em quantas vezes eu escrevi tecido?

Ainda quero colocar mais imagens e fotos inspiradoras

Olha o detalhe da estampa, delicada pra não sobressair demais

Comprei essas tachinhas que me lembram de viagem, sabe,
aquelas de marcar o mapa
Gostaram? Ainda falta muita coisa na decoração aqui de casa, então se alguém tiver alguma dica boa, bonita, barata e fácil, deixa nos comentários ou na página do blog (curte lá!) que a gente troca uma ideia.
Beijo!

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Mega resenha de produtos de beleza

Não pensem que eu fiz a louca na farmácia, eu fui comprando essas coisinhas aos poucos e queria ter falado sobre elas antes, mas dava uma preguicinha de tirar foto...
Aproveitei que tem um monte de coisa pra fazer um post só.
Vem comigo.


Máscara Reconstrutora Complete Repair da Amend

Sempre ouvi falar muito bem da Amend, principalmente pra quem tem cabelos cacheados, mas nunca tinha comprado porque o preço está um pouco acima do que eu costumo pagar por produtos de cabelo. Isso mudou quando eu decidi mudar de vez meu tom de acobreado, pra isso eu tive meio que descolorir os cabelos numa técnica que chama soapcap, daí eu decidi que precisava de um creme potente pra manter meus cabelos na cabeça depois do processo. Comprei esse aqui e nunca me arrependi. Ele é um creme branco com texturar grossa, mas não demais, muito cheiroso e o cabelo fica muito macio depois de usar. Mesmo dias depois ainda dá pra sentir o efeito dele, não é só na hora que faz a hidratação. Como eu já uso ele há um tempo - comprei em Junho - posso dizer que ele vale a pena, ainda nem está na metade. Não me lembro do preço, mas era na faixa dos 20 reais.


Creme para pentear Keramax da Skafe

Comprei esse também no intuito de cuidar melhor do cabelo depois da descoloração. Eu queria um creme leve que não deixasse o cabelo gorduroso. Esse é o creme. Muito cheiroso, levinho, deixa o cabelo bem macio. Tá durando bastante também porque eu uso bem pouquinho, mas já tá no final, comprei no mesmo dia do outro ali de cima. Se eu não me engano, foi 17 reais, mas não garanto.


Batom cor 27 Vult

Achei casualmente na farmácia dia desses e levei porque sempre achei essa cor uma graça. Ele é um rosinha cor de boca cremoso muito bonito. Só a cobertura que não é muito boa, mas eu resolvi isso com o famoso método de beijar o papel. Pelo preço valeu a pena, foi 8 reais.


BB Cream da L'orèal

Creme milagroso é a definição certa pra ele. Desde que eu comprei esse bichinho nunca mais usei base. Achei por acaso, já que aqui perto de casa não é normal ver produtinhos assim e foi uma das melhores comprar do ano. Ele deixa a pele aveludada, sem brilho, cobre bem as manchinhas. eu quase não tenho espinhas, então não sei como ficaria em quem tem, mas pra mim funciona, cobre até minhas olheiras chatas. E se você tirar antes de dormir, no outro dia a pele fica parecendo mais hidratada, não sei se é maluquice minha, mas é a impressão que eu tenho. 32 reais.


Batom Mate Intense d'O Boticário cor (eu jurava que era 57, mas fui olhar na bala e tá escrito 330)

Junto com o BB Cream, esse batom é o achado do ano. Eu tô apaixonada por ele. Tudo começou quando eu decidi que queria um batom vermelho que não puxasse pro vinho nem pro laranja. Todo mundo fala do Rubi Woo e talz, mas eu não tenho coragem de pagar o valor que ele custa aqui no Brasil, então procurei pelas internetz por um substituto, as mais entendidas vão dizer que eu queria um dupe. Enfim, cheguei a conclusão de que esse seria o melhor. Comprei e tcharan! ele é incrível. Bem seco, não sai por nada, a cor é linda do jeito que eu queria. Amor eterno por ele. Custou 17,50.

Ops! Olha a patinha do Capa tentando roubar a tampa
Olha como a cor é bonita na boca.
Delineador Líquido preto da Vult

Nunca tinha usado um delineador na vida, só aqueles lápis e lapiseiras. Decidi que já estava na hora, já sou crescida pra saber usar um treco desse. Não tenho com o que comparar, mas achei ele bem bom, é pretinho, o pincel não é muito mole como eu imaginava, dá pra passar sem medo. Só achei que pra um produto à prova d'água não durou muito, na parte interna no olho, onde eu lacrimejo muito, ele saiu antes do resto. Mesmo assim tenho usado muito, gostei dele. Foi uns 20 e poucos reais.



Máscara The Colossal Volum Express da Maybelline

Essa é a tal que sai com água morna. Eu tenho a outra que não sai por nada e achei que seria bom experimentar essa nova. De qualidade, achei igual a outra, deixa os cílios bem grandes e com volume bonito, a diferença é que ela sai no banho e isso é maravilhoso. Quem dera toda maquiagem fosse assim mesmo sendo à prova d'água. 20 e tantos reais também.

Adicionar legenda

Basicamente eu acabei de descrever os produtos que eu sempre uso toda vez que me arrumo. Eu sou assim, quando gosto de uma coisa vou usando até acabar.

Agora conta aí, alguém usa essas coisinhas? Quais produtos vocês indicam? Dica: tô precisando de um creme pro rosto bem sequinho.
Deixem aí nos comentários o que vocês acharam.

Beijos!

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Resenha - Garota Exemplar

Desde que esse livro foi lançado eu estava morrendo de curiosidade pra ler, até aguentei esperar muito. Comprei o meu na Bienal e só comecei a ler semana passada. Terminei ele ontem e vim contar pra vocês o que achei.
 
Em Garota exemplar, a narrativa não linear de Gillian Flynn se alterna entre duas perspectivas opostas e conflitantes, construindo uma atmosfera dúbia, capaz de fazer o leitor mudar de opinião a cada capítulo. Com um humor perspicaz, o thriller expõe as consequências psicológicas da deterioração de um relacionamento íntimo. Se para muitos o problema está em acordar e perceber que não se conhece muito bem a pessoa com quem se divide a cama, Flynn alerta: o inferno pode ser conhecê-la bem demais.

Na manhã do quinto aniversário de casamento, Amy desaparece da nova casa, às margens do Rio Mississippi. Tudo indica se tratar de um sequestro, e Nick imediatamente chama a polícia, mas logo as suspeitas recaem sobre ele. Exibindo uma estranha calma e contando uma história bem diferente da relatada por Amy em seu diário, ele parece cada dia mais culpado, embora continue a alegar inocência. À medida que as revelações sobre o caso se desenrolam, porém, fica claro que a verdade não é o forte do casal.
Alerto logo que você vai se envolver na história bem rápido e vai ser difícil parar de ler. Você vai odiar, gostar e odiar de novo cada personagem a cada mudança de página. Não espere uma história comum, apesar do tema comum. E mais: talvez você desista de se casar, só por precaução. hehe
Você vai achar que sabe o que vai acontecer, que sabe quem é o culpado, mas não sabe. É uma frustração atrás da outra, simples assim e você vai ficar de queixo caído até o final.
Sério, adorei ter me surpreendido tanto com esse livro, fazia tempo que eu não me empolgava tanto em saber como é o final, fiquei querendo ler a última página o tempo todo. Os personagens são complexos, as histórias vão se encaixando aos poucos, quando você pensa que conhece alguém, tudo muda.
Quando terminei de ler fiquei refletindo sobre o quanto de nós deixamos pra trás quando começamos um relacionamento, quanto de nós é real e quanto é pura expectativa. Não à toa a maioria dos casamentos não dá certo, já que projetamos uma imagem de nós mesmos e da pessoa que queremos como companheira. Quando a realidade chega, muita coisa pode acontecer, que o digam Amy e Nick.

Livro: Garota Exemplar
Autora: Gillian Flynn
Editora: Intrínseca