segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Filme - Nick and Norah's Infinite Playlist


Esse filme não é novidade, é de 2008, mas achei ele pelo Netflix e fiquei com vontade de ver porque tem Kat Dennings e Michael Cera como personagens principais. Foi meu escolhido pra noite de sexta-feira preguiçosa aqui em casa. 
Nick foi deixado pela namorada, Triss e está arrasado. Norah é a melhor amiga que Caroline pode ter. Quando todos descobrem que a banda Where's Fluffy vai tocar em algum lugar de Nova York todos vão pra lá esperando por um show histórico. No meio da procura Norah conhece Nick enquanto tenta provar para Triss que não está desacompanhada na cidade e a partir daí uma outra busca começa: encontrar a amiga bêbada de Norah que sumiu pelas ruas de NY. Enquanto procuram, Nick e Norah se conhecem e se gostam e a noite está apenas começando.
A história do filme é exatamente o tipo que eu gosto: fala sobre música, o filme todo gira em torno da música, de bandas e a procura por um show muito bom, além do romance, óbvio. Eu gosto quando um filme apresenta esse lado independente da cena musical, sempre fico me perguntando se em outros países as bandas sem gravadora são tão valorizadas quanto nesses filmes, já que aqui eu vejo tantas bandas incríveis tendo que se esforçar muito para um reconhecimento mínimo. Os personagens não tem nada dos estereótipos que costumamos ver em filmes adolescentes, são apenas jovens normais e as cenas são tão delicadas que dá pra se apaixonar também, além de ter um humor soft e apesar do filme em si ser meio fraco, eu gostei muito. É claro que a trilha sonora é um ponto forte, com estilo rock alternativo que eu amo e odeio ao mesmo tempo, tem Vampire Weekend, We Are Scientists, Band of Horses e outros que eu não conheço, mas gostei de ouvir.
E pra deixar ainda melhor, o filme é baseado em um livro dos autores Rachel Cohn e David Levithan. Isso quer dizer que... tenho mais um livro na minha lista. Então recomendo para aqueles dias em que a gente só quer ficar deitada no sofá comendo besteira e assistindo filmes bobinhos, ou será que isso se chama TPM? Enfim... gostei.



 As capas do livro

Achei essa muito feia

Nunca gosto das capas com imagens de filme

Essa foi a que mais gostei, mas não achei pra vender
PS: Repararam nas fotos maiores? Cismei com isso e daqui pra frente vou colocar maior mesmo porque acho que fica mais bonito, queria até colocar maior, mas dá um errinho e elas ultrapassam a área do post. Se alguém souber como faz pra consertar me fala, please. Ah! E pra quem não sabe, se clicar nas fotos elas ficam maiores, não sei por que nunca avisei isso antes.

2 comentários:

  1. Se tem David Levithan no meio eu quero ler/assistir/amar etc! hahaha

    Um beijão,
    Pronome Interrogativo.
    www.pronomeinterrogativo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, parece que ele é bom, já tenho dois dele na minha lista.

      Excluir

Fale o que achou