quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Resenha - Sal




Esse ano teve muitos lançamentos ótimos de várias editoras, mas o que eu mais gostei, acompanhei e quis pra mim foi Sal da Leticia Wierzchowski. Eu contei em outro post que esperei pra comprar o meu na Bienal porque ela estaria lá e foi isso que aconteceu, tenho o meu autografado e lindo aqui em casa. Demorei a ler por causa da faculdade e tal, mas assim que entrei de férias comecei a leitura. Hoje trago pra vocês a minha humilde opinião sobre esse livro.
Um farol enlouquecido deixa desamparados os homens do mar que circulam em torno da pequena e isolada ilha de La Duiva. Sob sua luz vacilante, a matriarca da família Godoy reconstitui as cicatrizes do passado. Em sua interminável tapeçaria, Cecília entrelaça as sinas de Ivan, seu marido, e de seus filhos ausentes, elegendo uma cor para cada um. Com uma linguagem poética, a premiada escritora gaúcha Leticia Wierzchowski, autora de A casa das sete mulheres, dá voz e vida a cada um dos integrantes da família Godoy, criando uma história delicada e surpreendente, enriquecida por múltiplos e divergentes pontos de vista.
 Sal é uma obra que mescla a narrativa com um toque todo poético muito gostoso de ler e emocionante principalmente. Já nas primeiras páginas eu me vi em La Duiva sentindo a brisa do mar. Desde o começo eu sabia que a história seria trágica, mas é impossível não torcer pra que tudo dê certo com todos os personagens. Aliás, é impressionante o jeito como eles vão se intercalando, surgindo e se mostrando aos poucos, às vezes falando por si ou sob a perspectiva de outro membro da família. Outro ponto a destacar é a delicadeza com que os assuntos são tratados, desde o casamento, a rivalidade entre irmãos e homossexualidade. Correndo o risco de parecer idiota, li o livro me sentindo como se estivesse no balanceio de um barco, as palavras eram as ondas que me levavam de um lado para outro e se fiquei poética assim descrevendo como me senti, é tudo culpa da autora. hehe
Enfim, mais do que recomendado. E ainda destaco o fato do livro ser nacional, de uma autora ótima, portanto, dicona pra quem procura valorizar o que é nosso com prazer e propriedade.


Livro: Sal
Autora: Leticia Wierzchowski
Editora: Intrínseca


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale o que achou