quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Filme - O Impossível


O Impossível é um filme baseado na história de sobrevivência de uma família espanhola ao tsunami que devastou a Tailândia no ano de 2004.

Maria (Naomi Watts), Henry (Ewan McGregor) e seus três filhos estão de férias em um resort à beira de uma linda praia tailandesa quando um tsunami destrói tudo e mata milhares de pessoas. Feridos e separados, eles tentam sobreviver e descobrir se os outros estão vivos e bem.

Eu confesso que não tenho estrutura psicológica para assistir a esses filmes de desastres naturais. Além do sofrimento que eu transfiro pra mim, ainda fico totalmente paranoica de que possa acontecer comigo também, o que quer dizer que já estou recusando desde já convites para praia, pelo menos por enquanto. Mas como uma prima me disse que valia a pena e eu tive oportunidade de assistir no Telecine (Net, abra mais vezes os canais de filme, agradecida), dividi minha atenção entre o filme e o arroz no fogo numa tarde dessas.

Nossa, prepare-se para sentir muita dor no coração. É muito triste ver as famílias totalmente perdidas, sem saber quem sobreviveu e quem não conseguiu, é muito chocante ver como num instante tudo pode mudar. Sinceramente, eu me senti muito mal vendo a cena da tsunami chegando, arrasando, levando vidas embora. Saber que isso tudo aconteceu mesmo é realmente doloroso. Eu me lembro bem do dia que aconteceu, vi as notícias no jornal e foi um dia triste, ver o filme me fez lembrar da tristeza de novo.

O filme te faz ficar esperando o momento que vai acontecer o desastre e é tenso o tempo todo, quando finalmente vem a onda você já está paralisado, aterrorizado como os personagens. Os efeitos são bem realistas, as cenas da Maria e o filho mais velho Lucas (Tom Holland) rolando pelas ondas totalmente sem controle ficaram impressionantes. Quantas vezes eu posso escrever angustiante sem vocês cansarem?





Quando as águas baixam e podemos ver a real situação do lugar e dos ferimentos é no mínimo assustador e mãe e filho ainda tem que sobreviver. Esse menino que faz o Lucas arrasa. Ele cuida da mãe, age com muita racionalidade, mas também tem o seu momento de sentir o baque da tragédia.
Acho que posso dizer que 95% das cenas são muito delicadas e chocantes ao mesmo tempo. O Impossível é um filme sobre superar seus limites, encarar ou calar sentimentos e dores em prol da sobrevivência, como se espera de um filme desses.
Enquanto escrevia isso tudo estava procurando a expressão certa para definir o filme, acabei de lembrar: de cortar o coração.

O que destoou foi o cara da Zurich Seguros aparecer no final e falar que ia cuidar de tudo, nossa, ficou parecendo merchan no meio da tragédia. Eu achei que as melhores cenas foram as da Maria com o Lucas porque foram as mais realistas em relação ao desastre e pela emoção que os dois souberam representar muito bem. O Ewan McGregor também fez uma cena tocante falando ao telefone com um parente, totalmente desesperado sobre como não sabia como encontrar a mulher e o outro filho.
Se quiser assistir prepare-se emocionalmente porque provavelmente você vai passar o resto do dia triste e talvez tenha pesadelos com ondas gigantes.

Quando toca Everybody Hurts do R.E.M. é de arrasar...


9 comentários:

  1. Eu tinha só 11 anos quando ocorreu a tsunami, e lembro de ter ficado chocada e muito triste. Não conseguia acreditar (e até hoje é difícil) que um desastre dessa magnitude pode acontecer a qualquer momento. Ainda não assisti ao filme, mas não sei se consigo, fico muito nervosa. :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É difícil, mas acontece. Procura pela família na internet que você vai ver que eles estão muito bem. Isso é um lado bom: os sobreviventes.

      Excluir
  2. Sou viciado nesse filme, Além de ótimos efeitos especiais ele retrata uma história real muito emocionante.
    Pude assistir os bastidores em algum site, e o interessante era que realmente nas filmagens a mulher (vitima e mãe dos meninos) estava lá dando apoio aos atores e aos diretores, mostrando mais ou menos como foi. Incrível!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu pesquisei sobre eles também, que história incrível, né?

      Excluir
  3. Esse filme é super bom, mas muito dolorido de se ver. Eu fico impressionada só de imaginar como deve ter sido a gravação daquelas cenas dos atores debaixo da água no Tsunami. E pensar que muita gente viveu isso =/

    http://www.gosteieagora.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente é a parte mais triste, saber que aconteceu de verdade.

      Excluir
  4. nossa, assisti esse filme ano retrasado no cinema, se não me engano... foi assim que saiu.
    voltei mais 3 vezes pra assistir, acredita? hahahaha cada dia com uma pessoa diferente.
    um dos melhores que eu já vi! especialmente por retratar de forma tão realista como é estar em uma tragédia dessas, principalmente os momentos debaixo d'água... essas cenas foram incríveis... até o ouvido ficou tampado, né? parecia que eu tava lá também.

    maravilhoso!!

    www.pe-dri-nha.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá uma agonia danada, eles fizeram um ótimo trabalho com as cenas em baixo da água.

      Excluir

Fale o que achou