sexta-feira, 2 de maio de 2014

Série - Game of Thrones ou porque não assistir

ATENÇÃO! ESSE TEXTO ESTÁ CHEIO DE SPOILER, NÃO LEIA SE AINDA NÃO CHEGOU NA QUARTA TEMPORADA. QUE QUE TEM? TÔ CHATEADA, VAI TER POST COM SPOILER.

E essa música sinistra, hein...

Primeiro de tudo, vou falar de Game of Thrones, mas não vou recomendar. Sério, se você tem amor a sua vida, a sua dignidade, não veja essa série. Ainda bem que ninguém me recomendou diretamente essa série, se não essa pessoa estaria sendo odiada agora. Apenas vou comentar os estágios de uma iniciante nesse mundo cruel que é Westeros.

Você vai amar Game of Thrones. No começo você vai amar. Provavelmente vai assistir a primeira temporada toda em um dia se tiver tempo, talvez você arrume tempo, talvez você não coma, nem durma, tudo pra ver mais um episódio, só mais um. Você vai simpatizar com os Stark, vai tentar lembrar o nome de cada um dos 500 personagens e ficar sem entender nada na primeira metade da temporada. Quando você começar a entender um pouco da história boa parte dos personagens que você tinha escolhido pra torcer já estará morto, mas você ainda vai torcer pra que a outra parte se dê bem, afinal as histórias deveriam ter finais felizes, certo? Certo? Certo?

Ned Stark, o homem mais honrado de Westeros. Onde ele estava com a cabeça? hehe

E vai enfrentar dificuldades também para saber quem é bom e quem é mau. Quem era mau e ficou bom, quem era bom e ficou mau. Só que bem lá pra frente talvez você entenda que na verdade é muito fácil: os bons estão mortos ou prontos pra morrer e os maus nunca morrem, por mais que você pragueje e amaldiçoe cada um deles a cada cena em que eles aparecem. Alguns deles te farão rir, mas na hora que eles matarem um personagem que você gosta, aí não vai ter graça.

Saudades Drogo

Você vai chamar a Sansa de burra, mas vai torcer a cada episódio pra alguém tirar essa garota de King's Landing. Nunca vai entender como as pessoas chegam tão rápido nos lugares pra fofocar, mas nunca chegam a tempo de salvar alguém. Vai xingar Ned Stark até ele perder a cabeça por não ter contado aos sete ventos que o Joffrey não é filho do rei. Vai ficar indecisa se deve gostar ou odiar Tyrion Lannister, até que quando percebe, já tá gostando do anão.
E a Arya, pelos sete infernos, a garota nunca vai conseguir voltar pra casa? Aparentemente, uma vez que uma pessoa deixa sua casa em Game of Thrones ela fica com síndrome de Oz: tem que passar por todos os perrengues do mundo, só que ao contrário da Dorothy, ninguém consegue voltar.
Você vai se perguntar por que o Stannis é tão chato, de todos os possíveis reis que Westeros poderia ter, por que ele ainda está vivo?
Você vai amar a Daenerys e vai torcer pra ela chegar logo nessa bagaça e arrasar todo mundo, mas será que um dia ela cruza o Mar Estreito?
Ah! Você também vai odiar todos os Lannister, mas de vez em quando vai esquecer e dar razão pra eles.
E assim sua vida vai seguindo, provavelmente sonhará com algum personagem da série ou vai estar conversando com alguém, mas na verdade estará pensando no que aconteceu no último episódio. Tudo bem, você pode conviver com isso e ainda vai se dizer viciado - com orgulho - na série, morte após morte. Você vai pensar "tudo bem, ele morreu, mas ainda há esperança, os Stark ainda vão salvar o dia". E aí você vai assistir o episódio 9 da terceira temporada - The Rains of Castamere, The Red Wedding, como quiser chamar - e não vai mais saber o que pensar, o que fazer, vai reclamar pra quem? Como volta atrás e desfaz todo o afeto que você tinha? Não dá!

Olha pra essa carinha. Ele merecia ser traído assim? Hein, hein, hein?
Catelyn Stark era super corajosa, mas why the hell não voltou pra casa?

Estou de luto pelos meus personagens. E não vou assistir a 4º temporada ainda. Não sei. Talvez. Melhor deixar pra ver só quando acabar. Sei lá.
Estou desolada. Robb, volta pra mim!!!!!!!!!
Lady Stark, minha heroína! Não vai!
Westeros é uma terra cruel.

Esse vídeo demonstra como me senti ao assistir ao Red Wedding:


Só tenho mais uma coisa a dizer: Dracarys nos inimigos. hausaushuhsuahsuhsuhsaus

4 comentários:

  1. Acho que eu sou a única pessoa que assistiu Red Wedding comendo brigadeiro haha. Já estou acostumada com esse tipo de coisa em GOT. Também tenho saudades do Drogo, <333
    Eu ainda não assisti a 4° tem´p. to me preparando psicologicamente, pq precisa de paciência, atenção e por enquanto tô assistindo coisas mais leves. Mas claro, já sei de algumas coisas que o pessoal acaba soltando. Mas ok. É uma boa série, quero ler os livros.
    Ps: a comparação com Oz foi demais, adorei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comendo brigadeiro? É muita durona mesmo, eu fiquei apenas chocada aqui.
      O único spoiler que fiquei satisfeita de saber foi sobre certo rei aí...

      Excluir
  2. o mais bizarro é quando morre um personagem secundário com quem você simpatiza e você pensa "ah, que sacanagem, mataram o... o... meu deus, qual era o nome dele?" e aí se dá conta de que tem tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo que nem tinha conseguido decorar o nome da criatura ainda.

    só no episódio do red wedding percebi que não conseguia decorar o nome da grávida, hahaha. mas depois daquilo também não esqueci mais. r.i.p. talisa. :~

    .

    cheguei aqui pelo rotaroots. oi. :)


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tocou num ponto importante, isso já cansou de acontecer comigo. E quando começa outra temporada é ainda pior, eu já esqueci os nomes e ainda aparece gente nova. Que bizarro.

      Excluir

Fale o que achou