sexta-feira, 3 de abril de 2015

Aquela bad musical nossa de cada dia



Outro dia fui tentar definir o meu estilo de música e me surpreendi com o que descobri sobre mim mesma. Acontece que eu percebi que tenho uma queda violenta por músicas deprimentes, subjetivas, introspetivas que analisam os confins do âmago do interior do ser. Com redundância e tudo. É claro que é normal um ser humano em processo de autoconhecimento querer analisar seus sentimentos, nossa, como eu faço isso. Eu, mesmo em momentos felizes, costumo seguir essa linha, a única mudança é o ritmo da canção. E também fico muito inspirada pra trabalhar quando ouço esse tipo de música, vai entender. 

Eu não preciso necessariamente estar sofrendo pra me identificar com músicas tristes, elas me fazem ver as coisas por outra perspectiva, que não é negativa, por incrível que pareça.

Aposto que um monte de gente é assim também então separei aqui algumas músicas que eu tenho ouvido ultimamente porque preciso falar sobre elas. Vamos todos nos abraçar nesses momentos de bad sem motivo.

Elastic Heart da Sia

A Sia só faz música assim né, gente. Eu queria abraçar essa mulher por ela falar por mim nas letras dela. Poderia citar Chandelier, Big Girls Cry, mas vou ficar com Elastic Heart porque é sempre a primeira música que me vem a cabeça quando quero extravasar um dia estranho. O trecho mais marcante pra mim é 


And I know that I can survive ( E eu sei que eu posso sobreviver)

I'll walk through fire to save my life ( Eu vou andar pelo fogo pra salvar minha vida)

And I want it I want my life so bad ( E eu quero, quero tanto minha vida)

I'm doing everything I can (Eu tô fazendo tudo que posso)





Habits da Tove Lo

Quem nunca ouviu essa música não sabe o que é ficar na fossa. Eu tinha raiva dela por falar sobre como um cara pode estragar a vida de uma mulher apenas por não estar mais lá, mas no final das contas me rendi a agonia que é ouvir essa música no repeat. Ó só:


And I drank up all my money (E eu "bebo" todo o meu dinheiro)

Tasted kind of lonely (Tem gosto de solidão)

You're gone and I got to stay high (Você se foi e eu preciso ficar alta)

All the time to keep you off my mind ( O tempo todo pra te manter longe da minha mente)


The Draw do Bastille

Enquanto eu ouvia Bastille diariamente me preparando pro show (próximo post) eu me apaixonei por essa música que parece relatar a vida de todo mundo que tá na casa dos 20 e poucos anos. E não sabe nada da vida.


Don't listen to your friends (Não escute os seus amigos)
See the despair behind their eyes (Veja o desespero em seus olhos)

Don't listen to your friends (Não escute os seus amigos) 

They only care and want to know why (Eles só se importam e querem saber o porquê)



Waste do Foster the People

Outra que eu descobri me preparando pro show. Gente, eu tô muito apaixonada por Foster the People, recomendo pra já que todo mundo ouça tudo deles. Essa música é super dançante e a letra é maravilhosa. Dá vontade de abraçar o Mark de tão compreensivo que ele é, embora saibamos que na realidade é muito mais difícil ser compreensivo com alguém que tem seus demônios interiores pra cuidar.


I'll hold your hand (Eu vou segurar sua mão)

When you are feeling mad at me (Quando você estiver com raiva de mim)

When the monsters they wont go, (Quando os monstros não forem embora)

The windows, they wont close, (Quando as janelas não fecharem)

I'll pretend to see what you see.... (Eu fingirei ver o que você vê)

The devil's on your back (O diabo está nas suas costas)

But I know you can shake him off... (Mas eu sei que você pode se livrar dele)

You know its funny (Sabe como é engraçado)
How freedom can make us feel contained (A liberdade faz a gente se sentir preso)


Foster The People - Waste by Elyse Aug 11 on Grooveshark

Remedy do Seether

Oxi, tu acha que a banda é badass e quando presta atenção nas letras tá todo mundo sofrendo que nem você.


It aches in every bone, I'll die alone, but not for pleasure (Doi em cada osso, eu vou morrer sozinho, mas não de prazer)

I see my heart explode, it's been eroded by the weather here (Eu vejo meu coração explodir, ele sofreu erosão pelo clima daqui)

If you want me hold me back (Se você me quer, me segure)

Frail, the skin is dry and pale, the pain will never fail (Frágil, a pele seca e pálida, a dor nunca falha)

And so we go back to the remedy (e nós voltamos para o remédio)

Clip the wings that get you high, just leave them where they lie (Corte as asas que te deixam alto, deixe-as onde elas estão)

And tell yourself, "You'll be the death of me" (e diga a você mesmo "você será a minha morte"

Remedy by Seether on Grooveshark

I am Machine do Three Days Grace

Pra aquele momento em que você apenas precisa gritar pra espantar os maus pensamentos. Eu bato cabeça nessa música porque não sei ficar parada quando a música é assim, digamos, vigorosa.


It wasn't supposed to be this way (Não era pra ser assim)

We were meant to feel the pain (Nós deveríamos sentir a dor)

I don't like what I am becoming (Eu não gosto do que estou me tornando)

Wish I could just feel something (Queria só poder sentir alguma coisa)

I am Machine by Three Days Grace on Grooveshark

Vocês vão perceber que eu tô muito musical ultimamente, provavelmente porque música é das poucas coisas que eu tô conseguindo fazer enquanto levo essa rotina louca. Então não se chateiem se os próximos posts forem sobre música também.